O Que Acontece Com Seu Bumbum Com O Atravessar Do Tempo

O Que Acontece Com Teu Bumbum Com O Ir Do Tempo



Eu imediatamente havia escutado uma pessoa expressar essa expressão, contudo não sabia o que ela significava até ano anterior, quando da noite para o dia, eles surgiram em meu quadril. Claro que estas gordurinhas não surgiram “do nada”. Elas foram se acumulando lentamente, sem que eu percebesse. Nesta idade, a gordura corporal tende a ser melhor distribuída, garantindo que o corpo humano vá ganhando as curvas (de acordo com os biotipos) de uma mulher adulta.


Mesmo escapando das aulas de educação física, os glúteos são redondos e firmes. A produção endógena se mantém em alta até os 20 e poucos. Durante os 20 anos, não faltam colágeno e elastina, o metabolismo está acelerado (o que significa queima calórica intensa) e o tônus muscular é percebível - definir pernas e bumbum é bem rapidamente. Alimentar-se de forma saudável e fazer atividades físicas são a garantia de saúde pra daqui alguma tempo.



Todavia, quem é que se preocupa com as células aos vinte, não é mesmo? A partir dos trinta, você olha pra trás e se arrepende das horas sedentárias em frente à Tv desperdiçadas na adolescência. E, de agora em diante, tudo muda: o metabolismo diminui o ritmo e tal aquela energia de virar a noite numa celebração quanto a capacidade de correr uma maratona agora são lembranças distantes.


Nessa fase, receber massa magra já não é tão fácil. Vale relembrar que quanto mais músculos, maior é o gasto energético”, diz Cau Saad, personal trainer (SP). Isto é, apenas diminuir os doces não faz você perder gordura. Ou seja, somente suprimir os doces não faz você emagrecer. E mais: a gordura tende a deslocar-se se acumulando onde você nem sequer imaginava ser possível (a.k.a. A boa notícia é que o combo exercícios e boa alimentação fará milagres pelo teu bumbum.


Os exercícios de agachamento e afundo devem ser seus favoritos, já que trabalham os glúteos, pernas, coxas e panturrilha. De pé, pernas estendidas e levemente afastadas. Agache - flexionando os joelhos - e empurre os glúteos para trás. Estenda as pernas e regresse à posição inicial. Felipe Kutianski, preparador físico da Ziva, recomenda de 3 a quatro séries de doze a 15 repetições, no mínimo três vezes por semana.


Ele dá a dica: “Procure baixar ao máximo o quadril. Isso promoverá uma intensificação da musculatura posterior da coxa”. Em pé, com as mãos pela cintura, dê um passo atrás com a perna esquerda. Flexione os joelhos e desça o organismo o máximo que conquistar, mantendo os ombros para trás e o peito aberto. Faça uma pausa e retorne à localização inicial. Isso é um repetição.


Faça de doze a quinze, mude de perna e repita a sequência. Se prontamente faz exercícios, deixe o movimento mais difícil adicionando halteres. Os fibroblastos são as fibras que dão origem às células de colágeno e elastina. Mas, devem de nutrientes como vitamina C pra que sejam sintetizadas corretamente”, diz Maiéve Corralo. Tais células são cota da massa magra e beneficiam a hipertrofia e a firmeza da pele - ou melhor, uma pele jovem. Pra garantir mais destas células no corpo, vale investir em dermocosméticos com antioxidantes pela fórmula e consumir vitaminas por meio de uma alimentação saudável.


E, se faltavam motivos pra deixar de fumar, aí vai mais um: as substâncias do cigarro reduzem drasticamente a elasticidade da pele. Como toda socorro é bem-vinda, tratamentos estéticos são capazes de aperfeiçoar (e muito) a aparência da pele. Juliana Cuban, fisioterapeuta da clínica Academia de Estética (SP), aponta alguns tratamentos pra driblar a flacidez, cortar gordura e ainda tratar a celulite. A radiofrequência é um aparelho que gera energia e robusto calor perante a camada mais profunda da pele, sempre que a superfície se mantém resfriada e protegida, estimulando as fibras de colágeno.


Os resultados são capazes de ser observados logo nas primeiras sessões e o repercussão é progressivo. O procedimento por ser feito de 15 em 15 dias e são recomendadas ao menos 10 sessões. Congela e reduz até trinta por cento das células de gordura da área corporal em que foi aplicada. O resultado é gradativo e recomenda-se a reforçar a sessão depois de 90 dias.


A ação da gravidade podes ser cruel com seu derrière nesta fase em que a flacidez dá tuas caras mesmo sem ter sido convidada. A disputa principal do corpo é manter o shape que você conquistou depois de anos e anos de suor. Entre os quarenta e cinquenta anos, o serviço tem que ser mais achado, focando em exercícios unilaterais, como elevação pélvica”, diz Cau Saad. Precisa-se mobilizar a musculatura em cada idade, e mesmo nessa fase é possível comprar ganho de músculos, entretanto a elasticidade da pele é outra, bem menor”, explica Maiéve.



Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *